Sintomas das Hemorróidas

Doença hemorroidária faz parte do dia a dia do coloproctologista. Ela pode se apresentar com muitos sintomas diferentes e também é comum que diferentes problemas anais sejam confundidos pelo paciente, que pensa ter hemorróidas.

É difícil saber o real tamanho do problema, já que em muitos casos os pacientes não procuram ajuda por vergonha.

Veja só:

👉🏻 Mais da metade dos pacientes com hemorróidas não vai apresentar nenhum sintoma

👉🏻 Cerca de 20% dos pacientes apresentam sangramento

👉🏻 Dos pacientes com sangramento apenas 40% vão procurar ajuda

Sangramento, desconforto e prolapso são os sintomas mais comuns e podem variar na sua gravidade de acordo com a predominância do tipo de hemorróidas (interna, externa ou mista). Prurido (coceira) e saída de muco também podem acontecer!

A doença hemorroidária interna é classicamente associada com sangramento. Esse sangramento não dói e costuma ser vermelho vivo, notado no papel higiênico ou mesmo em jato no vaso sanitário. O prolapso também é comum e pode variar desde uma sensação de inchaço perianal durante a evacuação até hemorróidas internas cronicamente expostas (grau 4).

Doença hemorroidária externa também causa sangramento e geralmente é a responsável por quadros de dor! Os quadros de trombose hemorroidária podem ser extremamente dolorosos e durar de dias até semanas - além da dor o paciente nota um aumento do volume perianal, que pode conter trombos (coágulos) - notados como pontos roxos.

É muito importante que um especialista realize a avaliação pois diferentes doenças da região anorretal podem se apresentar de maneira semelhante (e elas possuem diferentes tratamentos!).

A avaliação é simples e inclui a história dos sintomas contada pelo paciente e o exame físico. O exame físico -  temido pelos pacientes por medo do constrangimento ou de dor associada - é bastante simples. Fique tranquilo, pois fazemos o possível para que você sinta-se seguro neste momento. É importante que o médico olhe a região e, exceto em casos onde há dor intensa (como nos episódios de trombose), realize um exame de toque e anuscopia.

A anuscopia é um exame simples, realizada no consultório, a partir da introdução do anuscópico, após lubrificação, no canal anal, permitindo a observação direta desta região. Ele não causa dor. É de extrema importância para o diagnóstico e planejamento do tratamento.

Em alguns casos poderão ser solicitados exames adicionais, como a retossigmoidoscopia ou a colonoscopia, para avaliação do restante do intestino.

👉🏻 Continue ligado nos nossos posts sobre doença hemorroidária

Consulte Comigo

Saiba MaisLigue gora

Veja Outros Posts

Coceira Anal?

O prurido (coceira) anal é uma queixa muito comum no consultório. Estima-se que atinja até 5% da população mas um número muito menor procura ajuda médica, em parte por constrangimento. Ele é mais comum à noite e em homens.

Saiba Mais

Divertículos, deverticulite....

Os divertículos de cólon são herniações da mucosa e submucosa do intestino: olhando por dentro (como nesta imagem de colonoscopia) vemos depressões enquanto por fora são vistas saculações.

Saiba Mais

Pli... o quê?

Plicomas anais são saliências de pele ao redor do ânus, que podem acompanhar doenças orifíciais como hemorróidas, fístulas e fissuras anais mas também podem ser encontradas isoladamente. Eles podem ser únicos ou múltiplos e seu tamanho é variável.

Saiba Mais

Consultório Moinhos

Rua Mostardeiro 05, sala 1009
Telefone 3211-2117  
WhatsApp/celular 98927-3324

Consultório Mãe de deus

Instituto de Cirurgia: Rua José de Alencar 286, subsolo
Fone 3230-6000 ou 3230-6991