Retocolite Ulcerativa

Assim como a Doença de Crohn (DC), a causa exata da Retocolite também é desconhecida. A partir de um gatilho ambiental (como infecção, uso de anti-inflamatório, etc..), em um indivíduo geneticamente predisposto, ocorre a desregulação do sistema imunológico, que passa a atacar os componentes do próprio corpo, levando à inflamação da mucosa (revestimento) do trato gastrointestinal.

Os pacientes geralmente se apresentam com diarréia e sangramento (este último é mais comum na Retocolite Ulcerativa do que na Doença de Crohn). Além disto é comum dor abdominal, saída de muco pelo ânus, febre, perda de peso e sintomas em outros locais, como dores articulares, úlceras na boca e rash (alteração da pele).

É comum que existam mais pessoas na mesma família com este problema.

E quais as diferenças da RCU com a DC?

👉🏻A inflamação na RCU é limitada apenas à mucosa (porção superficial) da parede do intestino.

👉🏻 A Retocolite obrigatoriamente envolve o reto (porção final do intestino grosso), e pode envolver porções do cólon também (inclusive o cólon inteiro). Diferentemente da DC, onde as áreas inflamadas estão misturadas à áreas normais, na RCU toda a área afetada tem aparência doente. Por isso a importância de realizar a colonoscopia nos pacientes com sintomas compatíveis.

👉🏻 O cigarro não parece ser fator de risco para a RCU.

E tem tratamento?

Sim! Apesar de ser uma doença crônica, existem tratamentos efetivos para combater os sintomas. Geralmente são utilizadas medicações específicas e também pode necessitar de cirurgia em casos especiais. É importante que o paciente seja acompanhado por profissional capacitado para tratar este tipo de doença.

Agende sua Consulta

Consultório Moinhos

Rua Mostardeiro 05, sala 1009
Telefone 3211-2117  
WhatsApp/celular 98927-3324

Consultório Mãe de deus

Instituto de Cirurgia: Rua José de Alencar 286, subsolo
Fone 3230-6000 ou 3230-6991